Todos os posts de paulo

EM SIMONÉSIA: EMPRESÁRIO DE 33 ANOS É ENCONTRADO MORTO NO ESCRITÓRIO.

presário é encontrado morto em Simonésia

Ivo Simonesia (1)SIMONÉSIA (MG) – Ivo Martins Baia, foi encontrado morto, na manhã deste sábado 28/02, no escritório de sua empresa, localizada na Avenida Maria Alves de Abreu, no Bairro Bonsucesso em Simonésia.

Um grande numero de pessoas comparecem neste momento ao local, enquanto é aguardado a presença da perícia. Desespero, agonia e uma grande tristeza, toma conta de familiares e amigos, que perplexos parecem não acreditar no fato.  Ivo tinha 33 anos e era empresário do setor de pneus. A Policia Militar e o serviço de saúde estão no local e só depois do laudo da perícia é que será detectada a causa da morte.   Colaboração nas informações: Divino Augusto – Giro21

EM MURIAÉ: INAUGURAÇÃO DA TV ATIVIDADE.

TV ATIVIDADE16A nova TV Atividade HD DIGITAL foi inaugurada na noite desta sexta-feira. A solenidade aconteceu no Memorial Cristiano Varella onde está localizada a TV com a exibição da 2ª edição ao vivo do telejornal. Em seu pronunciamento, o empresário Lael Varella, idealizador da Rede Atividade de Comunicação, falou sobre os benefícios que a TV trará para a região e de sua nova fase, destacando os investimentos feito na empresa. Entre as autoridades o deputado federal, Misael Varella, o deputado estadual, Dr. Wilson Batista, o representante do prefeito Aloysio Aquino, chefe de Gabinete, Adellunar Marge entre outros representando vários segmentos da sociedade muriaeense. No final da solenidade, um coquetel e visita a nova TV Atividade. TV ATIVIDADE01 TV ATIVIDADE02 TV ATIVIDADE03
TV ATIVIDADE05
TV ATIVIDADE07
TV ATIVIDADE08 TV ATIVIDADE09 TV ATIVIDADE10 TV ATIVIDADE11TV ATIVIDADE12 TV ATIVIDADE13 TV ATIVIDADE14 TV ATIVIDADE15

EM BELISÁRIO: DISTRITO FICA 13 HORAS SEM ENERGIA ELÉTRICA.

belisario-Copy
O distrito de Belisário, 34 Km de Muriaé, ficou 13 horas sem energia elétrica. Tudo começou com uma forte chuva que caiu na localidade na noite desta quinta-feira. “Dessa vez ela exagerou. Ficamos mais de 13 horas sem energia por aqui. Ontem ninguém viu jornal, novela e nem jogos da Libertadores”, disse o morador Cleber Paradela, autor das fotos e blogueiro do embelisariomg.blogspot.com.br,

NOTA OFICIAL DA ENERGISA .
“A Energisa informa que a interrupção no fornecimento de energia elétrica, que começou na noite desta quinta-feira, 26 de fevereiro, às 21h, no distrito de Belisário, foi causada por eucaliptos sobre as redes elétricas. No mesmo momento, todas as equipes da Energisa foram acionadas para normalizar o fornecimento de energia. Equipes extras também foram acionadas. A Energisa trabalhou durante toda a madrugada para restabelecer o fornecimento de energia. No entanto, em virtude da gravidade da ocorrência e da dificuldade de acesso em alguns locais, o restabelecimento da energia elétrica se prolongou durante toda a noite. Para maior segurança, o plantio de eucaliptos deve respeitar uma distância mínima de 30 metros entre as redes de energia e as plantações. Portanto, se você conhece alguém que faz plantio de árvores, repasse as orientações ou ligue para a Energisa pelo 0800 032 0196. A Energisa agradece a compreensão de seus clientes”.

EM REALEZA, MANHUAÇU E IÚNA: PROTESTO DE CAMINHONEIROS

CAMINHONEIROS01REALEZA / MANHUAÇU (MG) E IÚNA (ES) – Caminhoneiros encerraram o bloqueio do entroncamento das rodovias BRs-262 e 116, em Realeza, depois de 25 horas de protesto. A paralização da categoria teve fim depois da intervenção da Polícia Rodoviária Federal, no final da tarde desta terça-feira, 24/02. Pouco depois, a Justiça Federal de Minas Gerais determinou a imediata desobstrução das rodovias federais que cortam o estado e anunciou multas de 5 mil reais por veículo.

Desde domingo, rodovias foram parcialmente bloqueadas por caminhoneiros em todo o estado de Minas Gerais. Em Realeza, o bloqueio começou na BR-262, na tarde de segunda, e se estendeu nesta terça para a BR-116. Os motoristas reclamam do preço do diesel e querem reajuste do preço do frete. Não houve tumulto ou violência.

CAMINHONEIROS02No final do dia, segundo decisão da juíza federal Anna Cristina Rocha Gonçalves, a ordem é desbloquear as rodovias.Em caso de descumprimento, será aplicada multa de R$ 50 mil por hora, além de R$ 5 mil por pessoa física ou veículo. Além da PRF, a Polícia Militar e a Polícia Federal estão aptas a cumprir a ordem judicial em todo o estado.

ESPÍRITO SANTO TAMBÉM PARA

CAMINHONEIROS03O movimento já se organizou em outro ponto. Segundo a Polícia Rodoviária Federal do Espírito Santo, há dez quilômetros da divisa com Minas Gerais, na BR-262, os caminhoneiros iniciaram outro bloqueio, já em terras capixabas. A interdição parcial acontece no km 185 da BR 262, zona rural de Iúna(ES), no chamado Posto Boas Novas. Apenas automóveis, ônibus e veículos de emergência conseguem trafegar livremente.Colaboração: portal caparaó

 

EM FERVEDOURO: CARRO ROUBADO É LOCALIZADO.

carro-fervDurante patrulhamento pela zona rural de Fervedouro, a Polícia Militar avistou um veículo Saveiro, placa OVK 2960, placa de Irupi-ES no terreiro de um sítio, e por ser placa de fora foi feito a consulta e constatado pelos militares que o carro tinha ocorrência de furto/roubo. O dono do sítio disse que havia comprado o carro em dezembro do ano passado através de um morador de Abre Campo e que na negociação havia dado um veículo Fiat Uno e R$ 10 mil, e ficou ainda ficou de assumir as demais prestações. O dono disse que o carro não tinha impedimentos na ocasião. Diante dos fatos o veículo foi recolhido e levado para um pátio credenciado Detran-MG. Trabalharam nesta ocorrência, Sargento Belúzio e Sd. Isaias.

EM MIRADOURO: BANDIDOS ASSALTAM PROPRIEDADE RURAL.

RURAL MIRAD03Por volta de 5h15 desta terça feira (24), três homens, encapuzados e armados, renderam o caseiro de uma propriedade rural, em Miradouro, assim que chegava para abrir a porteira, pediram que chamasse sua esposa e após terem acesso IMG_3669a sede, deixaram, sob violência, os dois amarrados com fitas, em um dos quartos da casa e de lá levaram armas, munições e diversos objetos.

Eles ordenaram que fosse desligado o alarme da casa e serraram os cadeados de um caixa onde estavam as armas, além de terem roubado outros objetos que estavam nas gavetas do quarto e facas que estavam na sala.
Na fuga eles renderam um homem que passava em uma moto, para trabalhar e levaram o veículo tomando rumo ignorada. A Polícia Militar fez o registro e um intenso rastreamento pela região, mas não tem pistas do assaltantes. A Polícia Civil também esteve no local fazendo levantamentos, para tentar identificar os autores.

A Perícia Técnica fez os trabalhos de praxe, recolheu diversos materiais que os criminosos deixaram espalhados pela casa e quintal, como luvas, fitas usadas para prender o casal, e uma caixa com marcas de sangue, possivelmente de um dos suspeitos, que e deve ter se ferido enquanto cortava os cadeados. Os trabalhos seguem na busca de mais informações para localizar e prender os autores. RURAL MIRAD02 RURAL MIRAD01Colaboração: interligadoonline.com

EM BOA FAMÍLIA: BANDIDOS SOFREM ACIDENTE E DEIXAM TUDO PRA TRÁS.

BOA FAMILIA01A Polícia Militar foi comunicada por volta das 16h30 desta segunda-feira que dois homens armados que chegaram em uma moto invadiram uma mercearia no distrito de Boa Família e anunciaram o assalto, um deles ficou vigiando a caixa sob ameaça do revólver e o outro recolhia o dinheiro. Uma testemunha que acompanhou a ação de longe, seguiu a distância a motocicleta em fuga, mas ao perceber que estavam sendo seguidos, o carona colocou a mão na cintura para pegar a arma, o motorista com medo de ser atingido, baixou na direção e acelerou, batendo contra a moto e um carro estacionado no distrito. Na queda os autores saíram correndo deixando para trás a moto, o produto do roubo e ainda a carteira de um deles, com documentos e ainda documento da namorada. Os autores fugiram entrando em um matagal. Enquanto a PM procurava pelos autores, por volta das 19 horas veio a notícia de que dois indivíduos caminhavam na rodovia, sem camisa. As viaturas foram para o local e depararam com a dupla que foi presa perto da Fazenda Mundial, assumindo o roubo e ainda dizendo onde estaria as armas usadas no crime.

Colaboração: silvanalves.com.br

EM MURIAÉ: UM VIGILANTE GANHA NA JUSTIÇA DIREITO A INDENIZAÇÃO POR INJÚRIA RACIAL.

Um vigilante que sofreu injúria racial, quando estava trabalhado na portaria da emergência do HSP, em uma manhã de junho de 2010, ganhou na justiça o direito de ser indenizado por danos morais, após pouco mais de quatro nos de processo, contra os autores. A.A.S.S. narrou nos autos que trabalhava como vigilante no pronto-socorro do hospital São Paulo quando uma criança que acabara de ser mordida por um cachorro chegou ao local, acompanhada da tia. O menor já estava sendo atendido, quando também chegou ao hospital um casal de empresários, que se identificou como pais da criança. O vigilante avisou ao casal que precisaria comunicar à acompanhante do menor que eles haviam chegado, para que fosse feita uma troca, pois as normas do estabelecimento não permitiam a presença de mais de um acompanhante por paciente.

De acordo com o vigilante, os réus começaram então a agir de maneira exaltada e grosseira, insistindo em ir até a criança, chegando a invadir área de acesso restrito, dando socos e pontapés na porta de entrada do local. Passaram também a proferir ofensas ao trabalhador, chamando-o de “macaco” e “negro fedorento”, entre outras agressões verbais, acompanhadas de palavras de baixo calão. Policiais militares que atendiam a uma ocorrência nas dependências do hospital tentaram acalmá-los, sem sucesso, e assim foi dada voz de prisão ao casal, que foi preso em flagrante pelos crimes de injúria, desobediência e resistência.

Afirmando que se sentiu humilhado e constrangido pelas ofensas, A. S. entrou na justiça contra o casal, pedindo indenização por danos morais. Alegou que os réus manifestaram juízo de valor depreciativo com relação à sua cor, além de tê-lo insultado, ofendendo sua honra e reputação, na frente de várias pessoas, em seu próprio local de trabalho. No mês de janeiro/15 foi decorrido o prazo e definida em definitivo a sentença. Agora a vítima aguarda só ser chamado para o recebimento dos valores.

Nervosos e aflitos

Em sua defesa, os pais da criança afirmaram que estavam em um evento quando foram informados por uma filha, que chorava ao telefone, que o filho deles, de apenas 8 anos, havia sido mordido por um pit bull e se encontrava no pronto-socorro do hospital. Disseram que de fato se dirigiram para o local nervosos e aflitos, pois não sabiam qual era o estado de saúde da criança e haviam sido informados de que o menino chorava muito, chamando pelos pais. Alegaram que o funcionário os impediu de ver o menino, em tom imperativo e arrogante, mesmo diante do pedido insistente deles, e que foram eles, os pais, que sugeriram a troca de acompanhantes, pois queriam estar com a criança naquele momento.
Entre outros pontos, o casal afirmou ainda que em momento algum agiu com grosseria e que o funcionário se recusou a fazer a troca de acompanhante. Disseram que não agrediram verbal ou fisicamente o vigilante, que foi permitido a eles entrar na sala de cirurgia e que estavam ali quando foram algemados por policiais.
Em Primeira Instância, a mãe da criança foi condenada a pagar ao vigilante R$ 15 mil por danos morais, já o pedido do segurança em relação ao pai do menor foi julgado improcedente. Agora os valor teve u aumento devido a correção e juros.
Diante da sentença, ambas as partes recorreram: o vigilante pediu o aumento do valor da indenização e a mulher pediu sua absolvição, sustentando que ocorreu apenas mera discussão entre as partes e não houve dano moral.
Ao analisar os autos, a desembargadora relatora, Mariza Porto, avaliou que a injúria racial estava mais do que comprovada pelo auto de prisão em flagrante e pelos relatos de testemunhas. Além disso, o processo criminal em tramitação corroborava a ofensa sofrida pelo segurança do hospital. Na avaliação da desembargadora, o vigilante “apenas exerceu o seu dever legal de manter a norma do hospital e a manutenção da ordem do local”, tendo sido acertada a sentença que condenou a empresária.
Considerando adequado o valor da indenização arbitrada em Primeira Instância, a relatora manteve a sentença, sendo seguida, em seu voto, pelos desembargadores Paulo Balbino e Marcos Lincoln.

Fonte: Assessoria de Comunicação Institucional – Ascom – TJMG

NO BRASIL: O RESULTADO DA MEGA.

mega ligiUma aposta de Porto Alegre (RS) acertou as seis dezenas da Mega-Sena, levando um prêmio de R$ 16.547.485,01. O sorteio do concurso de número 1.680 foi realizado neste sábado (21), em Flores da Cunha (RS). O próximo concurso da Mega-Sena, que acontece na quarta-feira (25), terá prêmio estimado em R$ 3 milhões.
Veja as dezenas: 23 – 37 – 38 – 46 – 47 – 51.
A quina teve 298 acertadores, que levaram prêmio de R$ 8.541,66 cada um. Além disso, houve 5.821 ganhadores na quadra, que rendeu R$ 624,68.