ATO DE VANDALISMO CONTRA ANTIGAS INSTALAÇÕES DO HOSPITAL DE MIRADOURO.

VANDALISMOHospital Wilkinsom de Souza Meireles, um patrimônio da população de Miradouro, largado às traças, foi atacado por vândalos,  fato comprovado ao amanhecer desta quarta- feira, 10/07/19.

A Polícia Militar foi acionada pela moradora, a senhora Helia, por volta das 08:15,  para comparecer no local,  posteriormente acionando a perícia técnica da 4 D.R.P.C., de Muriaé, para  realizar os trabalhos periciais.

Não há pistas de quem tenha cometido tal ato,  que foi registrado pela PM e será  investigado pela  Polícia Civil de Miradouro. Caso sejam descobertos o autor, ou os autores do vandalismo, podem ser punidos em pena que pode variar de 6 meses a 3 anos de prisão.

O maior vandalismo está sendo cometido contra o povo de Miradouro, na qual,  para a construção deste espaço, venderam sacas de café, galinha e gado, a anos atrás para arrecadarem fundos para construir este hospital, que foi abandonado pelos gestores municipais, se endividou com fornecedores, como energia,   produtos hospitalares e até com funcionários.

Para o pagamento de indenizações trabalhistas, a obra foi leiloada, mas depois que comprou não pode assumir o espaço, sendo embargado pela justiça.

Quem perde são os miradourenses, que não tem à sua disposição um atendimento mais perto, rápido, tendo que se dirigir para o Hospital São Paulo, em Muriaé, que já está super lotado.

No Hospital de Miradouro, quando em funcionamento nasceram e foram atendidos  muitos miradourenses,  crianças,  adultos e idosos de cidades vizinhas como Eugenópolis, Fervedouro, Vieiras e São Francisco do Glória,  que antes eram atendidas em Miradouro, que  hoje estão pelo Brasil e pelo mundo a fora, sem esperanças de quando o povo de Miradouro poderá ter de volta o funcionamento deste Hospital que marcou a sua história, onde muitos vieram à vida.     VANDALISMO4 VANDALISMO2 VANDALISMO3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *