EM “OPERAÇÃO FRAUDATOR” POLÍCIA CIVIL DE MURIAÉ INVESTIGA FRAUDES NO COMERCIO.

Fraudator 1Polícia Civil de Minas Gerais investiga, em Muriaé, a prática de apropriação indébita e de possíveis fraudes no comércio.

Na quarta-feira (14), durante a operação denominada “Operação Fraudator”, policiais civis deram cumprimento a três mandados de busca e apreensão em residências e em um estabelecimento comercial que resultaram na apreensão de bolsas, dinheiro, equipamentos eletrônicos, entre outros objetivos.

Na última semana, os policiais civis localizaram um container refrigerado, em um clube recreativo, na Zona Rural da cidade.

Investigações apontam que suspeitos da prática de apropriação indébita do container também estariam envolvidos em fraudes no comércio da cidade.

A ação ocorreu após dois meses de investigações da Delegacia de
Defraudações de Muriaé, por intermédio do Delegado Titular Fábio Correia do Nascimento e equipe , e com apoio de investigadores de outras unidades da 4ª Delegacia Regional de Muriaé. “Tais diligências ensejaram na primeira fase da denominada ‘Operação Fraudator’, que teve como nascedouro a notícia da prática, em tese, da apropriação indébita de um container refrigerado, de vinte pés, de valor comercial aproximado de R$25.000, oriundo de uma locação realizada na cidade de Itaperuna, Rio de Janeiro, transportado para Muriaé e não mais devolvido ao proprietário”, explicou a autoridade policial, informando que, nos cumprimentos dos mandados de ontem, foram recolhidos equipamentos eletrônicos, documentos e dinheiro para averiguações.

Ainda segundo o Delegado, a Polícia Civil investiga a participação de três pessoas no caso. As diligências seguem em andamento.Fraudator 4 Fraudator 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *