MENOR QUE DESFERIU GOLPES DE FACA CONTRA IRMÃO SE APRESENTA NA DELEGACIA DE MURIAÉ.

O fato é lamentável, o desentendimento entre 2 irmãos, por causa de um chup-chup e não picolé, levou os envolvidos em uma luta corporal, sendo que o menor de 13 anos acabou pegando uma faca e golpeando o  de 18 anos.

O Paulo Roberto da Radio recebeu uma ligação da mãe dos garotos, que mesmo tão abalada tentou nos explicar o que aconteceu, afirmando que sua família sempre foi de pessoas muito unidas, que os 2 irmãos sempre se deram muito bem um com o outro.

Segundo esta mãe, ela não dormiu desde o fato ocorrido, que passou parte da manhã desta segunda na delegacia acompanhando o filho, que ” não é bandido, sempre foi um bom menino. Eu tenho medo dos julgamentos das pessoas contra meu filho.”

O pai deles também falou com nossa reportagem e afirmou que “não é bem assim que aconteceu”.

Pelas afirmações do casal, tudo leva a crer que os dois filhos foram vítimas da raiva. O adolescente esta muito arrependido por ter dado ouvidos da ira, que não permitiu que ele pensasse corretamente naquele momento.

A faca usada na ação foi entregue à Polícia na tarde desta segunda.

EDITORIAL PAULO ROBERTO DA RÁDIO LEIA E ANALISE, CONCORDE OU DISCORDE:

Imagino perfeitamente a dor que os pais estão passando neste momento, onde um de seus filhos foi deixado no cemitério,  sendo este nunca mais poderá ser visto entrando ou saindo de casa. Na hora da janta ou do almoço sempre vai faltar ele na mesa.

O outro filho que agora terá que responder na justiça pela prática, que sem pensar corretamente o levou a praticar tal ato.

Talvez seja muito fácil pra qualquer um de nós julgar o adolescente neste momento, mas quem de nós na hora da raiva não fez coisas que momentos depois se arrependeu.

Estes dias um parente meu cortou o cabelo mais baixo e vi uma marca na cabeça dele e perguntei o que é isso?

Ele me respondeu: “Foi uma telhada que a mãe me deu. Foi a muitos anos atrás, eu era muito arteiro, a mãe ficou nervosa e o que ela tinha perto era uma telha”. Explicou que foi porque ele num ato de travessura arrebentou o varal de roupas que ela tinha acabado de lavar.

Felizmente aquele pedaço de telha não matou aquele filho,  nem deixou sequelas, apenas uma marca na cabeça do rapaz que hoje se aproxima dos 30 anos, sendo um filho muito amado por sua mãe, que faz tudo que pode pra ele e seus irmãos.

Infelizmente no caso dos irmãos,  a voz da raiva acabou colocando um irmão contra o outro e agora um morreu e o outro se arrependeu.

Que este fato faça com que todos nós reflitamos e que na hora que a raiva aparecer em nossa mente nos aconselhando a fazer alguma coisa, que nós não aceitemos o conselho dela, que só dá mal conselho, quando ela vai embora deixa o arrependimento e algumas perdas pra trás.FB_IMG_15789571139357863

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *