Ouvir no iPhone
/ Ouvir no Android

RECONHECIMENTO AOS CAMINHONEIROS EM FERVEDOURO

CMMais uma ação humanitária e social em prol aos Caminhoneiros foi feito hoje 01 de abril, dessa vez na cidade de Fervedouro-MG. Pessoas estão unidas nessa causa para ajudar essa classe de trabalhadores que proporcionam o transporte e a chegada do alimento em nossas mesas, os medicamentos em nossas farmácias, entre outros.

É o grupo de homens e mulheres que faz o nosso Brasil crescer cada vez mais, que sustém nossa economia, e que nem sempre são reconhecidos como deveriam. São os guardiões das nossas estradas, as vezes dormindo só 2 horas por noite como um tio meu. Correndo riscos nas estradas vão em direção ao avanço do país para proporcionar o conforto para nós que ficamos em casa.

Ficam longe de suas famílias para que a gente fique perto da nossa, seguem viagem com dor no coração por se despedir do filho, da esposa, da mãe que ficam em casa orando para que vá bem na viagem, para Deus proteger e para que não seja o último abraço, o último beijo, o último adeus.

O que mais dizer sobre os caminhoneiros? Nada! Não há palavras para expressar o tamanho do nosso respeito, consideração e gratidão aos caminhoneiros que fazem da cabine sua casa, que faz da foto da família a motivação para mover o país.

Agradecemos a todos que entendem a importância que os caminhoneiros tem para nossas vidas e se moveram na causa de distribuírem marmitas para esses que chamamos de Heróis. Herói é quem  corre o risco de perder a vida para salvar outra. Herói é ser caminhoneiro! Obrigado a todos os Fervedourenses movidos a ajudar quem nos sustenta.

CORONAVÍRUS: MIRADOURO, FERVEDOURO, CARANGOLA E OUTRAS. QUAL A SITUAÇÃO DE CADA CIDADE EM RELAÇÃO AO COVID-19?

coronavirusSECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DE MINAS GERAIS APRESENTA BOLETIM SOBRE O CORONAVÍRUS NESSE 1 DE ABRIL

Hoje é 01 de Abril, mais conhecido como o dia da mentira! Gostariamos que os dados divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais em relação ao COVID- 19 fizesse jus ao dia de hoje, mas, a notícia apresentada além de triste está longe de ser mentira, FAKE NEWS ou dados falsos da mídia.

Está acontecendo o maior desastre epidemiológico jamais visto em nosso país e mundo. A população mundial está deseperada, pois, é realmente assustador saber que as ruas estão vagas, comércios fechados, população desolada.

Vamos proteger nossos idosos, nossos adultos, nossas crianças, mas, para que isso surta algum efeito temos que cumprir o isolamento social, com base na ordem da OMS (Organização Mundial da Saúde). Por mais que estejamos em meio ao caos socio-econômico, será um desastre nesse momento de crise mundial perder a razão, entrar em pânico, nada disso resolverá o problema que estamos vivendo, a forma mais segura é o isolamento social.

Com base nisso podemos analisar o quão alarmante é o problema. Temos que ter em mente a noção do perigo, os dados divulgados pela Secretaria de Saúde Estadual divulgou o número de pessoas em investigação de estarem ou não com o Corona na nossa região da Zona da Mata, eis abaixo os dados.

CASOS EM INVESTIGAÇÃO:

Muriaé: 55
Carangola: 18
Divino: 8
Eugenópolis: 6
Fervedouro: 6
Miraí: 4
Miradouro: 2
Faria Lemos: 1
Patrocínio do Muriaé: 1
São Francisco do Glória: 1
Vieiras: 1
Espera Feliz: 5
Viçosa: 37
Cataguases: 55

Há suspeitas de morte por Coronavírus 2 pessoas na Zona da Mata. Uma é moradora da cidade de Barbacena, um idoso de 82 anos que apresentara os sintomas do vírus além de outro idoso, porém, da cidade de Cataguases de 81 anos vítima dos mesmos sintomas. Ambos os casos estão sendo analisados pela Secretaria de Saúde de cada município.

POLÍCIA CIVIL CONCLUI INVESTIGAÇÃO DE HOMICÍDIO OCORRIDO EM MURIAÉ

policia civilDois jovens foram indiciados por homicídio triplamente qualificado. A Polícia Civil de Minas Gerais concluiu a investigação sobre a morte de
um homem de 30 anos, crime ocorrido no dia 11 de janeiro, no Bairro
Planalto, em Muriaé.

Dois jovens, de 21 e 22 anos, foram indiciados por
homicídio triplamente qualificado, por motivo fútil, por resultar em
perigo comum para terceiros e mediante emboscada.

De acordo com informações do Delegado Tayrony Espíndola, os investigados
– que já se encontram presos – teriam cometido o crime impossibilitando
a defesa da vítima e os disparos de arma de fogo teriam sido efetuados
em local público, expondo a perigo a integridade física de terceiros.

A motivação do homicídio estaria ligada ao tráfico, pois a vítima chegou
a se recusar a prestar serviços para a dupla, e a um assédio, que teria
sido praticado pelo homem em desfavor da namorada de um dos
investigados.

O inquérito policial já foi enviado à Justiça e ao Ministério Público.
Foi solicitada a conversão da prisão temporária dos jovens em
preventiva.

OPERAÇÃO NO MARAMBAIA EM MURIAÉ

IMG-20200401-WA0018Primeiro dia do mês de Abril já começou com ação policial em Muriaé. A PM  sob mandado de Busca e Apreensão foi até a casa de um homem no bairro Marambaia o qual já estava sendo monitorado pela polícia por envolvimento com  o tráfico de drogas. Ao chegar na casa do indivíduo estavam seus dois irmãos, além de drogas, dinheiro, revólver, balança de precisão e celulares que foram recolhidos e levados para a Delegacia da Polícia Civil no Safira, além dele seus irmãos também foram conduzidos.

DROGAS SÃO APREENDIDAS NO SANTA TEREZINHA EM MURIAÉ.

IMG-20200331-WA0074A  sala de operações da unidade recebeu a informação anônima via 190 indicando trágico de drogas no bairro Santa Terezinha em um beco, onde chegando no local os militares encontraram essa droga enterrada, mas ninguém foi preso.

A droga foi recolhida a polícia já tem o nome do proprietário, que será qualificado na ocorrência e a droga foi entregue  na delegacia do bairro Safira e ninguém foi preso nessa noite.

PREFEITO MIRIM ATENDE SOLICITAÇÃO DO PAULO ROBERTO DA RADIO E ENVIA PEDIDO DE COLABORAÇÃO PARA ENERGISA NESTE MOMENTO DE PANDEMIA. VEJA A CARTA!

Durante uma conversa com o prefeito Mirim, ao vivo por telefone, pela Rádio Miradouro, o Paulo Roberto da Rádio perguntou ao prefeito Mirim, se seria possível fazer alguma solicitação, pedindo a empresa ENERGISA, que não cortasse a energia das pessoas que estão em atraso com suas contas, visto que muitas estão dentro de suas casas, sem poder trabalhar, muitas lojas e serviços estão suspensos.

O prefeito Mirim naqueles dias, antes de sair a determinação da ANEEL, ficou de analisar e enviar alguma correspondência para a empresa,   o que foi feito em 24/03/20.CARTA

A empresa Energisa também enviou  para nossa redação a seguinte nota:

“A Energisa considera de extrema relevância o posicionamento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesse momento crítico que o país e a sociedade atravessam.

A distribuição de energia foi listada como serviço essencial à população no decreto editado pelo governo federal para combater a crise provocada pelo Covid-19, que reforçou que a agência é o único ente que pode regular o setor, mesmo nesse momento de extrema gravidade.

A empresa já se manifestou que vai cumprir todas as obrigações estipuladas pelo regulador, como a de não realizar cortes em consumidores residenciais e de serviços essenciais durante os próximos 90 dias. A Energisa também orienta seus clientes a procurarem a empresa caso tenha necessidade de negociar seus débitos e inclusive oferece condições especiais nesse momento difícil.” Relata a energisa.

VEJA A RESPOSTA DA EMPRESA PARA O PREFEITO MIRIM, CLIQUE NO LINK A SEGUIR: Continue lendo

CEMIG ADOTA MELHORES PRÁTICAS PARA LEITURA DE MEDIDORES EM TEMPO DE PANDEMIA E DÁ DICAS DE ECONOMIA

A imagem pode conter: texto que diz "CEMIG"

Como vai ser a leitura a partir de quarta-feira 01/04/2020?

A Cemig informa que, a partir desta quarta-feira 01/04/2020, os leituristas farão as leituras do mês de abril com nova orientação de trabalho. O procedimento está alinhado com a Resolução Normativa 878/2020, publicada na última semana pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que trata do impacto da epidemia do coronavírus no setor elétrico.
Os leituristas seguirão as seguintes orientações:
• Medidores voltados para a rua: realização da leitura e entrega de contas normalmente;
• Medidores localizados no interior das propriedades: realização da leitura mediante autorização de acesso pelo cliente;
• Se houver negativa de acesso neste período de pandemia, as leituras serão feitas por estimativa de consumo com base na média registrada nos últimos 12 meses. Como opção ao faturamento por média, o cliente poderá optar por informar previamente a leitura de seu medidor.
O procedimento para informar a leitura é o seguinte:
• Observe a data da próxima leitura, disponível na conta de luz do mês anterior, e realize a leitura três a cinco dias antes da data informada;
• Anote os números registrados no medidor. Nos medidores com ponteiro, se o ponteiro estiver entre dois números, anote o que for menor;
Você tem os seguintes canais para enviar a leitura em até três dias antes da data da próxima leitura:
– Agência Virtual, localizada no site: www.cemig.com.br;
– O aplicativo Cemig Atende, que você pode baixar no seu celular;
– Torpedo (SMS) para o número 29810.

ESTRUTURA DO HOSPITAL DE CAMPANHA, NO EXPOMINAS, SERÁ ENTREGUE NA SEXTA DIA 03/04/2020

EXPOProfissionais contratados e militares trabalham 24h para finalizar preparo da unidade no prazo previsto

“Um conceito militar diz: se quer a paz, prepare-se para a guerra”. A fala é do major Flávio Santiago, porta-voz da Polícia Militar de Minas Gerais, responsável pelo anúncio de ações realizadas pelo Estado na montagem do hospital de campanha no Expominas, em Belo Horizonte.
A ação é uma das iniciativas do Governo de Minas para se antecipar às necessidades que possam surgir com a pandemia do coronavírus, Covid-19. Com expectativa de entrega da primeira fase de montagem nesta sexta-feira (3/4), as obras são executadas por empresa privada com o apoio de militares da PMMG e do Corpo de Bombeiros. “Cerca de 100 profissionais trabalham diariamente, em turnos de 24 horas. A gestão é da Diretoria de Apoio Logístico da PM. Concluído, o hospital terá a disponibilidade de 800 leitos, sendo 100 para atendimento a casos de alta complexidade”, detalha o major.

Pronto para sobrecarga
Instalação utilizada em guerras, o hospital de campanha tem como característica a capacidade de manobra para atender a uma sobrecarga de pacientes. “Médicos e enfermeiros ficam próximos à linha de combate para fazer frente a necessidades pontuais que chegam ali. É um modelo estabelecido em processos de guerra, um conceito aplicado em combates. No nosso caso, combate ao coronavírus”, compara Santiago.
O major reforça que, frente à pandemia, a ação do governo objetiva atender a uma possível situação de sobrecarga do sistema de saúde. “Se, e quando, houver essa sobrecarga, estaremos preparados. A princípio, a expectativa é atender, sobretudo, casos de menor complexidade ou aqueles que possam ser remanejados para aliviar os hospitais convencionais, abrindo capacidade para que possam atender pacientes mais graves. No entanto, 100 leitos de UTI com todos os equipamentos necessários serão disponibilizados no Expominas”, explica.
Ele destaca ainda que a escolha do Expominas se deu por questões de estrutura e logística. “É um espaço amplo, próximo ao Anel Rodoviário e com fluxo facilitado pela Avenida Amazonas, com capacidade de fluidez e recepção inclusive ao tráfego de ambulâncias”.

Prevenção
Santiago ressalta que os profissionais que participam da instalação do hospital de campanha passam por rigoroso processo de prevenção ao Covid-19. “Há uma série de critérios técnicos adotados tanto pela empresa contratada, que tem expertise na montagem e manutenção de estruturas no próprio Expominas e em áreas de saúde, quanto das corporações envolvidas no apoio à montagem. No local, todos usam Equipamento de Proteção Individual (EPI) e têm acesso a higienização constante, inclusive com álcool gel. Os procedimentos operacionais são padronizados com foco na limpeza e na estrutura oferecida aos trabalhadores, incluindo alimentação”.
A previsão é de que o hospital seja erguido em três fases. A primeira, com entrega na sexta-feira (3/4), envolve a montagem da estrutura dos 800 leitos de enfermaria nos pavilhões do Expominas (conceito de portas abertas e cuidados paliativos); a segunda será a montagem de 100 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), na arena do espaço; por fim, a terceira fase prevê a expansão de leitos enfermaria e UTI, montados no foyer, no segundo pavimento e no auditório. O estacionamento também poderá ser utilizado para aporte de tendas. E ainda um necrotério será montado no Parque de Exposições.

Recursos humanos
Além da equipe da empresa de montagem, 900 militares em curso de formação estão à disposição da força-tarefa do hospital de campanha. “Eles prestam apoio na logística e no transporte de materiais, entre outras tarefas de bastidores”, diz o major.
Com a unidade pronta, os profissionais envolvidos no atendimento e demais áreas operacionais da unidade serão recrutados por meio de chamamento de voluntários, aporte de profissionais de órgãos públicos, contratação direta e até reconvocação de militares estaduais.
Em andamento, o processo de viabilidade de equipamentos (materiais permanentes e insumos) prevê busca nos bens do Estado, doações e ou empréstimos de unidades hospitalares e da rede hoteleira, além de outros setores públicos e privados. Também está prevista a aquisição de materiais.

Solidariedade
O major detalha ainda que a guerra ao coronavírus tem revelado uma grande rede de solidariedade na comunidade em geral e entre os trabalhadores envolvidos nas ações de combate à doença. Segundo ele, sentimentos de esperança, fortalecimento de laços e cuidado com o próximo são reforçados em momentos de crise como este e em Minas o senso de solidariedade tem se revelado muito presente.
Foto:  Pedro Gontijo / Imprensa MG

PM APREENDE 16 PINOS DE COCAÍNA EM SIMONÉSIA

SIMONÉSIA (MG) – Dezesseis pinos com cocaína foram apreendidos pela Polícia Militar de Simonésia, na noite de sexta-feira, 26/03.

Após denúncia sobre tráfico de drogas, os policiais militares fizeram abordagem a uma residência sobre um rapaz de 19 anos que, suspeito de envolvimento com tráfico e com armas de fogo.

O rapaz não foi localizado, mas a PM foi procurada mais tarde por uma moradora próxima. Ela encontrou uma sacola nos fundos da residência com os dezesseis pinos de cocaína.Ao que tudo indica a droga foi arremessada no quintal. Apesar da suspeita, não foi identificada a propriedade do material.

Fonte: Portal Caparaó

COMBATE AO TRAFICO DE DROGAS .PM REALIZA DUAS AÇÕES NA CIDADE DE MURIAÉ E APREENDE GRANDE QUANTIDADE DE MATERIAIS.

TDNo bairro Aeroporto, denúncias que dois indivíduos estariam a realizar mercância de drogas pelo bairro. A Polícia Militar deslocou-se e conseguiu abordar os autores na rua Lica Muglia, dois jovens de 18 e 19 anos, juntamente com dois adolescentes de 15 e 17 anos.

No local onde eles estavam foram localizados durante as diligências vinte papelotes de cocaína e dezessete pedras de crack. Eles foram encaminhados para a delegacia no bairro Safira.

Vale ressaltar que essas ações se dão no sentido de fiscalizar apenados que estejam no regime domiciliar e combate ao tráfico de drogas na nossa cidade.

Caso você veja pessoas praticando crimes próximos a sua residência DENÚNCIE 181 e em caso de emergência ligue 190, é o que recomenda a Polícia Militar.

Fonte: Polícia Militar.