Ouvir no iPhone
/ Ouvir no Android

RECREIO ESTÁ A ONZE DIAS SEM REGISTRAR NOVOS CASOS DE COVID 19

Recreio não registra novos casos de Covid-19 desde o dia 8 de outubro. No boletim epidemiológico atualizado divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, constam oito notificações ativas, cujos pacientes estão em quarentena domiciliar e outros dois hospitalizados.

De acordo com aquela Secretaria de Saúde, o primeiro caso positivo de Covid-19 no município foi registrado dia 1º de maio de 2020 e, desde então, 796 pessoas foram infectadas com o novo coronavírus, que resultou em 22 óbitos e outros 764 estão curados.

A redução do número de casos deve-se ao avanço da vacinação no município além da manutenção das medidas sanitárias de segurança como o isolamento social, uso de máscaras e de álcool em gel. A Secretaria de Saúde alerta que a pandemia ainda não acabou e que é preciso seguir as normas sanitárias para que Recreio continue sem registro de novos casos de Covid-19.

Fonte : Site Polis

GRAVE ACIDENTE NO CENTRO-OSTE DE MG (BR-354), VEÍCULO COM PLACAS DE ALÉM PARAÍBA FICA TOTALMENTE DESTRUÍDO

Um acidente deixou pelo ao menos três pessoas feridas na tarde desta terça-feira (19/10) no KM384, da BR-354, próximo ao acesso à BR-262 no município de Córrego Danta/MG, na Região Centro Oeste do Estado de Minas Gerais.

Informações colhidas pela TV Bambuí, o acidente ocorreu por volta das 16h e envolveu duas carretas bitrem e um carro de passeio. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Campos Altos/MG, que atuou no resgate das vítimas, três pessoas ficaram feridas sendo elas um homem de 24 anos e um casal de idosos. Todos foram encaminhados ao Hospital Nossa Senhora do Brasil em Bambuí/MG.

O veículo Chevrolet Ônix, com placas de Além Paraíba/MG, ficou completamente destruído. O trânsito permaneceu interrompido em ambos os sentidos da rodovia.

O Blog do Adenilson Mendes obteve informações que, um dos ocupantes teve fratura em uma das pernas. Após serem estabilizados na Unidade Hospitalar da cidade de Bambuí, as três vítimas (que estavam no carro de passeio) foram transferidos para o Hospital na cidade de Divinópolis, na condição clínica estáveis. Uma das vítimas atende pelo nome “Cid”.

Fonte: Adenilson Mendes

MURIAÉ ESTÁ A 18 DIAS SEM MORTES PROVOCADAS PELA COVID 19

O boletim desta terça-feira trouxe a confirmação atrasada de um óbito provocado pela covid-19. O caso refere-se a uma senhora de 73 anos que também sofria de doenças cardíacas crônicas.

Importante: apesar da morte da paciente ter ocorrido em 1 de outubro, a instituição hospitalar onde ela estava internada só informou à Secretaria Municipal de Saúde na segunda-feira, dia 18. Para evitar que atrasos assim voltem a ocorrer, o município reforçou que a notificação de óbitos e casos confirmados de covid devem acontecer em um prazo máximo de 24 horas.

Assim, por se tratar de uma notificação atrasada relativa ao dia 01/10, vale ressaltar que Muriaé está há 18 dias sem registrar mortes provocadas pela covid-19.

Outros números – Apenas um caso novo de covid foi registrado no boletim de hoje em Muriaé. A média móvel das últimas duas semanas caiu novamente e fechou em 1,71 – índice que é 68% mais baixo que o do período anterior.

Veja os números completos de hoje (19/10/2021):

VACINAÇÃO (até 18/10)
Parcialmente vacinados: 84.059 pessoas (76,84% da população)
Totalmente vacinados: 56.910 pessoas (52,02% da população)
Dose de reforço / adicional: 2.467 pessoas (2,26% da população)

CASOS
Total de casos confirmados: 11.860 (+01)
Pacientes ativos: 06
Pacientes curados: 11.538
Óbitos: 316 (+01)
Investigados / Monitorados: 41
Negativos: 14.751

 

ACIDENTE EM ALTO JEQUITIBÁ EVIDENCIA A URGÊNCIA DA IMPLANTAÇÃO DO SAMU 192

A necessidade de implantação do SAMU (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) na região de Manhuaçu é uma cobrança antiga. No entanto, um acidente no último sábado, 16/10, mostra mais evidente como a atuação de equipes especializadas auxiliam no socorro imediato.

A Polícia Militar Rodoviária foi acionada por volta de 20 horas por conta de uma colisão no km 110 da MG-111, em frente ao pórtico de entrada da cidade. Segundo as informações iniciais, o acidente envolveu um veículo Fiesta e uma motocicleta que vinha no sentido contrário, na rodovia.

O motociclista sofreu ferimentos graves.

Os primeiros atendimentos foram realizados por uma ambulância do município. A coincidência é que o comboio das equipes do SAMU, que estavam a caminho de Manhuaçu para iniciar os treinamentos para implantação do serviço na região, passava no local e assumiu a ocorrência. No total, havia mais de 20 profissionais, duas ambulâncias e uma van.

Júlio César, socorrista do SAMU, conta que foi feita “a contenção do sangramento e a vítima, de nome Leandro, de 28 anos. O motociclista foi levado ao hospital de Carangola para cirurgia imediata”.

Ele precisou amputar uma das pernas e, segundo o relato de um primo, após o atendimento, Leandro passa bem.

A equipe do SAMU, mesmo em deslocamento para curso, está equipada e pronta para o atendimento imediato. O tempo de socorro é crucial em vários casos. Por isso, a rede de bases de atendimento foi elaborada em pontos estratégicos para chegar rapidamente a todos os municípios da região.

A expectativa é que o SAMU comece a atender a região no mês de dezembro. Alguns municípios ainda não aderiram e nem aprovaram leis em suas câmaras municipais para integrar o SAMU.

Redação do Portal Caparaó

SUSPEITO É INDICIADO POR TOMAR TERCEIRA DOSE DE VACINA DE FORMA INDEVIDA

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) indiciou um investigado, de 37 anos, que, mediante conduta criminosa, conseguiu ser vacinado com uma terceira dose do imunizante contra a covid-19 de forma indevida. O crime foi registrado em Poços de Caldas, no Sul de Minas.
O investigado foi indiciado pelo crime de estelionato majorado pela condição de ter sido praticado contra o Poder Público.

Entenda o caso

As investigações apontaram que suspeito, que já havia sido vacinado outras duas vezes com o imunizante Coronavac, após enganar as servidoras da Unidade Básica de Saúde, responsáveis pela vacinação, também foi beneficiado por uma falha momentânea no sistema informatizado e conseguiu receber uma terceira dose da vacina, da empresa Pfizer.

“Essa conduta, além de criminosa, gera risco a toda a coletividade, já que prejudica a ordem da vacinação desenvolvida pelo Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, bem como retira, ainda que momentaneamente, a vacina de quem teria o legítimo direito ao imunizante”, ressaltou o delegado responsável pela investigação, Thiago Henrique do Nascimento Moreira.

O inquérito policial concluído e seguirá para apreciação da Justiça.

PARCERIA ENTRE CBA E UFV NA ÁREA DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL É ROCONHECIDA INTERNACIONALMENTE

Projetos realizados na Zona da Mata Mineira são destaques em publicações científicas reconhecidas no meio acadêmico

A parceria entre a Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) e a Universidade Federal de Viçosa (UFV) continua rendendo bons resultados e reconhecimentos na área ambiental. Estudos sobre Restauração Florestal, Conservação Hídrica e Reabilitação Ambiental foram temas de publicações científicas com relevância internacional.

O uso de tecnologias inovadoras de monitoramento ambiental foi um fator determinante para o reconhecimento dos projetos, além da eficácia da metodologia utilizada nos estudos. Para Christian Fonseca de Andrade, gerente das unidades da CBA na Zona da Mata, os reconhecimentos reforçam a qualidade do trabalho desenvolvido em parceria com a UFV, além do legado gerado para a comunidade e para o meio acadêmico.

“Nossa busca pela eficiência e o investimento contínuo em inovação tecnológica estão alinhados ao compromisso de ter uma operação com processos otimizados e de baixo impacto ambiental. Esses reconhecimentos atestam a qualidade das nossas ações e reforçam o comprometimento da Companhia e da Universidade no monitoramento das áreas mineradas, em prol de uma mineração sustentável e sem interferência na vocação do meio rural”, afirma.

Publicações Científicas

A parceria CBA-UFV obteve destaque internacional em 2021 ao compor artigos de publicações científicas da Ásia, Europa e América do Norte. O programa de estudos hidrológicos foi tema de publicação na revista científica “Land Degradation & Development”, com um artigo sobre o projeto “Escoamento superficial em áreas de mineração de bauxita”. A iniciativa integra o Programa de Estudos Hidrológicos da CBA, implementado em 2015 pelo Laboratório de Hidrologia Florestal da UFV. A revista é uma publicação dos Estados Unidos, reconhecida pela promoção dos estudos de monitoramento, controle e reabilitação da degradação em ambientes terrestres.

O projeto de escoamento superficial é desenvolvido sob orientação do professor Herly Carlos Teixeira Dias, coordenador do Laboratório de Hidrologia da UFV. O artigo publicado na revista norte-americana faz parte dos estudos conduzidos por uma de suas orientandas, a estudante de doutorado Aline Gonçalves Spletozer. “O programa de estudos hidrológicos é positivo para todos os públicos de interesse, pois permite aos estudantes a experiência do dia a dia; dispõe de dados científicos e conta com ações de impacto positivo para a preservação dos recursos hídricos; além de tirar dúvidas da comunidade sobre as atividades minerárias da CBA”, pontua o professor.

O artigo publicado na revista científica “Research in Ecology”, de Singapura, refere-se ao projeto “Aplicação de bioindicadores para o monitoramento da restauração florestal de áreas mineradas e de compensação da CBA”, que compõe o Programa de Restauração Florestal e Biodiversidade, em parceria com a UFV. O projeto verifica o potencial e a resiliência da área em restauração pós-mineração. O artigo é de autoria do professor Sebastião Venâncio Martins e dos pós-graduandos em Ciência Florestal, Wesley da Silva Fonseca, Luiz Henrique Elias Cosimo e Diego Balestrin.

Outro importante reconhecimento internacional resultante do programa de restauração florestal do LARF (Laboratório de Restauração Florestal) foi o artigo publicado na “Ecological Engineering”, da Holanda, uma das revistas com maior fator de impacto na área de ecologia, publicada pela editora Elsevier, uma das mais renomadas do mundo. O artigo analisa as áreas, critérios e métodos utilizados pela CBA para a restauração compensatória à mineração de bauxita, cujos resultados têm se mostrado positivos nas áreas de recuperação da Zona da Mata: mudas com ótimo crescimento e espaços antes ocupados por solo exposto encontrando-se totalmente cobertos por vegetação herbácea, arbustiva e arbórea.

Por fim, a parceria CBA-UFV ainda teve mais um importante destaque, desta vez em âmbito nacional. O livro “Águas e Florestas: Desafios para a Conservação e Utilização” conta com três capítulos resultantes de programas desenvolvidos pelo LARF, também referentes aos projetos de monitoramento ambiental e de bioindicadores de restauração florestal. Os artigos também são de autoria do professor Sebastião Venâncio Martins e dos pós-graduandos em Ciência Florestal, Wesley da Silva Fonseca, Luiz Henrique Elias Cosimo, Pedro Manuel Villa e Diego Balestrin. O livro, publicado pela Editora Científica Digital, é constituído de forma colaborativa entre professores, estudantes e pesquisadores que se destacaram e qualificaram as discussões nas áreas de preservação, hidrologia florestal e desenvolvimento sustentável.

O coordenador do LARF, Sebastião Venâncio Martins, professor titular do Departamento de Engenharia Florestal da UFV, está otimista com os reconhecimentos. “Vimos com grande satisfação os resultados dos projetos, que comprovam, mais uma vez, a viabilidade de restaurar uma área minerada e promover a preservação ambiental da região. Temos publicado dezenas de artigos científicos em revistas nacionais e internacionais e o amplo reconhecimento dos estudos mostra a seriedade da nossa pesquisa e do trabalho desenvolvido pela CBA. Tudo isso aponta para a sustentabilidade desse modelo de mineração de bauxita”, completa.

Sobre a CBA

Desde 1955, a Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) produz alumínio de alta qualidade de forma integrada e sustentável. Com capacidade instalada para produzir 100% de energia vinda de hidroelétricas próprias, a CBA minera a bauxita, transforma em alumínio primário (lingotes, tarugos, vergalhões e placas) e produtos transformados (chapas, bobinas, folhas e perfis). Em estreita parceria com seus clientes, a CBA desenvolve soluções e serviços para os mercados de embalagens e de transportes, conferindo mais leveza, durabilidade e uma vida melhor. A CBA está bem perto de você. Acesse: www.cba.com.br

COBRA JIBÓIA É CAPTURADA NO QUINTAL DE RESIDÊNCIA EM RECREIO

O Corpo de Bombeiros resgatou uma cobra da espécie das jiboias em um quintal de uma residência localizada no Bairro Machados, em Recreio, neste domingo, 17 de outubro.

De acordo com a corporação, militares do 7º Pelotão BM de Leopoldina foram acionados por volta das 21h00 após o animal ter sido visto em um quintal de uma casa na Rua Francisco Portela.

No local, a guarnição do Corpo de Bombeiros Militar constatou que se tratava de uma cobra Jibóia de aproximadamente 2 metros e resgatou o réptil, que foi solto em uma vegetação.

Fonte: Jornal O Vigilante Online

BR 116- MOTORISTA FICA FERIDO APÓS VEÍCULO CAPOTAR PRÓXIMO À FAMINAS

Um homem ficou ferido na noite desta segunda-feira (18), em um capotamento ocorrido na BR-116, próximo à Faminas.

O Corpo de Bombeiros esteve no local e constatou que a vítima estava consciente, porém desorientada e com leves ferimentos – principalmente no rosto. Após os primeiros socorros, o motorista foi encaminhado para o Hospital São Paulo.

A Polícia Rodoviária Federal foi acionada, registrou o ocorrido e irá apurar as causas do acidente.

Fonte : Rádio Muriaé

HOMEM QUE ESTUPROU ENTEADA É CONDENADO A 20 ANOS DE PRISÃO

Um homem foi condenado a 20 anos e seis meses de prisão por ter agredido a ex-mulher e uma das filhas dela e estuprado outra enteada em Ipanema. A ex-companheira dele, que é uma das vítimas, foi condenada a mais de 15 anos de prisão por ter se omitido diante dos abusos praticados por ele contra uma das filhas.

De acordo com a denúncia da Promotoria de Justiça da cidade, os crimes aconteceram entre os anos de 2016 e 2018. O homem agrediu a ex-mulher e uma das enteadas, e estuprou a outra desde que ela tinha 12 anos de idade. As investigações levantaram que o agressor praticou, ao menos, 10 estupros nesse período. Um deles resultou na gravidez da menina.

O MPMG pediu à Justiça a condenação do homem por agressão à ex-mulher, estupro de vulnerável em relação à enteada, quando ela tinha menos de 14 anos, estupro contra pessoa maior de 14 e menor de 18 anos e agressão à outra enteada.

Com relação à ex-companheira dele, o MPMG pediu a condenação por omissão diante dos abusos sexuais suportados pela filha, que resultaram em gravidez, após ela completar 14 anos de idade.

Fonte: MPMG