Ouvir no iPhone
/ Ouvir no Android

BRASIL ELABORA PROTOCOLO E PRENDE USAR AVIÕES PARA COMBATER NUVEM DE GAFANHOTOS.

O governo do Rio Grande do Sul e o Ministério da Agricultura elaboram um protocolo sanitário para conter a nuvem de gafanhotos que avança pela Argentina e até esta terça-feira (23/6) estava a 250 quilômetros da fronteira com o Brasil.

A avaliação sobre a dimensão do problema inclui quais os agrotóxicos são mais eficazes no combate à praga e os possíveis prejuízos nos municípios afetados. “A área técnica está trabalhando para divulgarmos nos próximos dias um protocolo a ser adotado”, afirmou à Globo Rural o secretário da Agricultura do Rio Grande do Sul, Covatti Filho.

O receio é que a praga chegue ao território brasileiro e prejudique a agricultura local. Segundo o governo de Córdoba, na Argentina, em um quilômetro quadrado pode haver cerca de 40 milhões de insetos, que são capazes de comer o equivalente ao que 2 mil vacas consomem em um dia.

Por isso, a Secretaria do Rio Grande do Sul e o Ministério firmaram, nesta terça-feira (24/6), uma parceria com o Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag). A ideia é utilizar os 426 aviões da frota aeroagrícola do Estado no combate aos insetos. Ações deste tipo foram desenvolvidas, por exemplo, pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) para a atuação na África.

Alerta
Por conta da proximidade com a região fronteiriça do Brasil, o Ministério da Agricultura disse ter emitido alerta para as Superintendências Federais de Agricultura e aos órgãos estaduais de Defesa Agropecuária. “(É necessário) medidas cabíveis de monitoramento e orientação aos agricultores da região, em especial, no estado do Rio Grande do Sul, para a adoção eventual de medidas de controle da praga, caso esta nuvem chegue em território brasileiro”, disse o Mapa, em nota.

Ainda de acordo com a Agricultura, autoridades fitossanitárias brasileiras estão em contato permanente com as autoridades argentinas, bolivianas e paraguaias, por meio do Grupo Técnico de Gafanhotos do Comitê de Sanidade Vegetal (Cosave), o que permite um acompanhamento da situação em tempo real.

De acordo com o Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa), o primeiro alerta sobre o inseto foi divulgado no dia 11 de maio. O gafanhoto teria vindo das províncias de Formosa e Chaco e continuado o trajeto pela cidade de Santa Fé. “Como previsto pela Senasa na sexta-feira (19/6), ele atravessou o rio Paraná, entrando na província de Corrientes, onde atualmente está localizado, próximo à província de Entre Ríos”, diz o boletim do órgão argentino.

A área classificada como de maior “perigo” pela Senasa inclui as regiões dos municípios de Santa Fé, Rosário, Entre Ríos, Corrientes, Concordia e Gualeguaychú, na Argentina; Paysandú, no Uruguai; e Uruguaiana, no Brasil. “O gafanhoto é uma praga migratória, que não reconhece limites ou fronteiras e, em um dia, pode viajar até 150 quilômetros e, por exemplo, atravessar de uma província para outra, ou mesmo de um país para outro em poucas horas”, avalia a Senasa.
Fonte: revistaglobo.globo.com

POLÍCIA CIVIL PRENDE 3 HOMENS ENVOLVIDOS EM HOMICÍDIO OCORRIDO EM MURIAÉ.

Dois homens foram localizados em Juiz de fora e um rapaz em Muriaé, em ação simultânea realizada nas cidades.

Nesta quarta-feira (24), a Polícia Civil de Minas Gerais prendeu três homens, 31, 31 e 34 anos, envolvidos em um homicídio, ocorrido no dia 16 de fevereiro, na ponte do Bairro da Barra, em Muriaé. De acordo com o Delegado Tayrony Espíndola, eles são acusados de participarem da morte de um homem de 27 anos. Dois deles foram localizados no município de Juiz de Fora e um rapaz na cidade de Muriaé. A ação conjunta e
simultânea foi realizada por equipes de policiais civis da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa de Muriaé e da 1ª Delegacia Regional de Juiz de Fora.

Segundo a autoridade policial, o crime foi registrado como suicídio, mas apurações indicaram que, na noite em que ocorreram os fatos, a vítima e os três rapazes teriam feito intenso uso de drogas e bebidas alcoólicas. “Ao deixarem o bar onde estavam, já sobre a ponte, iniciou-se uma discussão entre eles, quando a vítima, então, foi arremessada no Rio Muriaé”, explicou.

Ainda conforme o Delegado, naquela noite, as águas do rio se encontravam agitadas por conta das chuvas fortes que atingiram a região, por isso o corpo do homem foi localizado no dia seguinte, na Avenida JK, há aproximadamente 8 km do local onde teria sido lançado.

Durante as investigações, testemunhas também foram ouvidas no inquérito policial e disseram ter escutado gritos de socorro oriundos do local da discussão.

Os homens serão conduzidos ao sistema prisional, permanecendo à disposição da Justiça.

RELEMBRE O CASO: 

CORPO DE JOVEM MURIAEENSE É ENCONTRADO NO RIO MURIAÉ.
PUBLICADO EM 17 de fevereiro de 2020
Na manhã desta segunda-feira 17/02/20, foi encontrado o corpo do jovem Daniel Barros de Almeida, de 27 anos, morador da Vila Cavalier.

O rapaz estava não era visto desde ontem,16/02/2020, quando a família procurou a PM e Bombeiros.

Os Bombeiros resgataram o Corpo e a perícia da 4 DRPC esteve no local e iniciou os trabalhos periciais, depois o corpo foi levado para o IML de Muriaé.
Ainda sem mais informações sobre o fato.

Segundo a informação no face-book dele, ele era casado e iria completar aniversário em 25 de fevereiro, nascido em 1992.

 

INFORME EPIDEMIOLÓGICO COVID 19 EM MINAS- 771 PESSOAS MO

Até o momento foram 31.343 casos confirmados*. Estão em acompanhamento** 12.317 casos e são 18.255 casos recuperados***. Até o momento, foram confirmados 771 óbitos.

*Total de casos confirmados: soma dos casos confirmados, que não evoluíram para óbito e dos óbitos confirmados por COVID-19.
**Casos em acompanhamento: Casos confirmados de Covid-19, que não evoluíram para óbito, cuja condição clínica permanece sendo acompanhada ou aguarda atualização pelos municípios.
***Casos recuperados: casos confirmados de Covid-19 que receberam alta hospitalar e/ou cumpriram isolamento domiciliar de 14 dias sem intercorrências.

Óbitos confirmados: óbitos confirmados para Covid-19.

Dos óbitos notificados (N=2.161): 771 foram confirmados, 260 encontram-se em investigação e 1.134 foram descartados para Covid-19.

Sobre casos suspeitos: Conforme nova definição de caso preconizada pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais – SES, os casos anteriormente definidos como “suspeitos” passam a ser registrados nos sistemas oficiais de notificação como Síndrome Gripal Inespecífica, por não preencherem, em sua integralidade, critério para investigação laboratorial. Esses casos permanecerão sob acompanhamento das vigilâncias epidemiológicas estadual e municipal, mas deixam de ser tratados como casos suspeitos de COVID-19 e passam a ser tratados como síndromes respiratórias de interesse à saúde.

Dados parciais, sujeitos a alterações. Atualizado em 24/6/2020. Fonte: COES MINAS/COVID-19/SES-MG.

Considerando que o Ministério da Saúde classificou todo o país como transmissão comunitária, além da necessidade de qualificar as informações sobre a circulação do Coronavírus em Minas Gerais, desde de 23/3/2020 o Boletim Informativo Diário Covid-19 publica o detalhamento apenas dos casos confirmados.

Ressaltamos que a distribuição dos casos suspeitos por município, bem como casos descartados e notificados, serão atualizadas diariamente, através do site www.saude.mg.gov.br/coronavirus – “Painel de Monitoramento de casos”.

Desde o dia 27/3/2020 os casos suspeitos de Covid-19 passaram a ser notificados no E-SUS VE, novo sistema disponibilizado pelo Ministério da Saúde. Considerando o processo de transição e a instabilidade do novo sistema, ainda não é possível extrair um relatório completo, que detalhe o número de casos por municípios. Assim que possível, as informações serão atualizadas.

GOVERNO ARRECADA CERCA DE R$19 MILHÕES EM DOAÇÕES E CERCA DE 175 MIL CESTAS BÁSICAS.

Mais de 3,7 milhões de itens foram coletados. Estado também irá distribuir alimentos para os 853 municípios mineiros para enfrentamento à covid-19

O Governo de Minas arrecadou, até o momento, cerca de R$ 19 milhões em doações para auxiliar o enfrentamento da pandemia do coronavírus no estado. São mais de 3,7 milhões de itens recolhidos, como álcool 70%, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), material hospitalar e produtos de higiene, que estão sendo destinados para a população mais vulnerável. Além disso, serão distribuídas 175.500 cestas básicas a famílias carentes nos 853 municípios mineiros.

“Estamos aqui hoje para agradecer as pessoas e empresas que doaram 3,7 milhões de itens neste momento tão difícil da pandemia. Essas doações têm sido fundamentais para ajudar aquelas famílias que precisam. Recebemos principalmente material hospitalar, de limpeza. Dentre as doações que o Estado recebeu constam 175 mil cestas básicas que serão distribuídas para todos os municípios de Minas”, afirmou o governador Romeu Zema, ressaltando a união de esforços de diversos órgãos estaduais na ação e a mobilização junto à sociedade civil e iniciativa privada.

O vice-governador Paulo Brant também destacou a solidariedade do povo mineiro e agradeceu as doações. “Nestas horas de tristeza e de dor surge com mais força a capacidade do ser humano em ser solidário, ter compaixão. A sociedade mineira tem dado mostras inequívocas de muita generosidade”, disse.

Apoio

As doações dos 3,7 milhões de itens foram recebidas por meio da força-tarefa criada pelo Governo de Minas, que é integrada pelo Gabinete Militar do Governador (GMG) / Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec-MG), Serviço Social Autônomo (Servas) e Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). Entre os itens arrecadados também estão equipamentos e materiais hospitalares, combustível, serviços em geral – como instalação e montagem de estruturas – e recursos financeiros. Foram atendidos cerca de 500 locais em 368 municípios de diversas regiões do estado.

O controle do material doado é feito por meio de sistema digital que registra desde a entrada dos itens até as suas condições, observando, por exemplo, o prazo de validade. Todo o material coletado é encaminhado para o depósito da Defesa Civil estadual, separado e, após o trabalho de logística, distribuído para os municípios, hospitais, povos e comunidades tradicionais que precisam do auxílio. As doações são levadas pelos caminhões da Cedec e de empresas privadas apoiadoras da iniciativa.

Cestas básicas

O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), vai distribuir 175.500 cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade nos 853 municípios mineiros. A ação será possível graças a uma parceria com o projeto “Fazer o bem faz bem”.

A distribuição das cestas será viabilizada por meio de parceria entre a Sedese, Defesa Civil e Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG). Os alimentos serão recebidos em 19 batalhões e centros de distribuições da Defesa Civil em todo o estado, onde os municípios deverão fazer as retiradas.

Os donativos serão direcionados para diversos públicos, identificados pelo Cadastro Único de Assistência Social (Cadúnico) do governo federal e demais cadastros oficiais. São eles: pessoas na faixa de extrema pobreza, e que não tenham recebido o auxílio emergencial da União; pessoas idosas em situação de extrema pobreza; povos e comunidades tradicionais; catadores de material reciclável; jovens na faixa de pobreza que não foram atendidos pelo Bolsa Merenda, além de entidades que atendam população em situação de rua.

Alívio e dignidade

A secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Elizabeth Jucá, afirmou que as doações são de extrema importância. “Sabemos como a pandemia afetou a renda das famílias e aquelas que já tinham poucos recursos foram ainda mais impactadas. As doações, principalmente de alimentos, trazem alívio e dignidade para essas famílias que precisam de apoio para superar esse momento”, comentou.

Para divulgar e mobilizar os municípios, o governo com o apoio da Associação Mineira dos Municípios (AMM). “Estou aqui para agradecer ao Governo do Estado que está fazendo este movimento de capitanear estes recursos da iniciativa privada para repassar para nossos cidadãos que estão precisando. Os municípios vão ser parceiros nisso, cada um deles precisa fazer a sua adesão para receber esta ajuda que vai chegar para quem está mais precisando neste momento”, afirmou o presidente da AMM, Julvan Lacerda.

Portal MG

As doações são feitas pelo Portal MG (www.mg.gov.br), que recebe tanto materiais de prevenção ao contágio pelo coronavírus quanto arrecadações financeiras para compra de insumos e equipamentos hospitalares. Acessando o portal, o interessado em realizar a doação preenche um formulário com nome e e-mail para contato. Nesse momento, já é possível inserir informações como discriminação dos itens a serem doados, valor estimado e local de retirada (em caso de bens).

Caso esses dados não sejam informados no cadastro inicial, a área responsável pelas doações no Estado irá entrar em contato com o interessado e direcionar a doação dentro do Executivo estadual.

Para doação de recursos, será emitido um Documento de Arrecadação Estadual (DAE) pela Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) para pagamento.

As dúvidas devem ser enviadas para o e-mail defesacivil@defesacvil.mg.gov.br.

Outras iniciativas

Além do empenho para distribuir itens necessários às comunidades mineiras, o Estado também lançou novos serviços para melhor atender o cidadão. Uma das iniciativas é o Saúde Digital MG, aplicativo que possibilita o atendimento médico a distância.

Outro projeto é o Medicamento em Casa, por meio do Farmácia de Minas, que entrega remédios em domicílio para pessoas grupos de risco da covid-19, por uma parceria entre Defesa Civil, SES e a empresa 99 Táxi.

Confira o passo a passo para que os municípios possam aderir e receber as doações em: http://social.mg.gov.br/cestascovid

Fonte:  Imprensa MG- foto de Pedro Chacas

POLÍCIA CIVIL INCINERA MAIS DE 170 QUILOS DE DROGAS EM UBÁ.

O material foi apreendido em ações realizadas na área que compreende a
2ª Delegacia Regional de Ubá.

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) incinerou, na manhã desta
quarta-feira (24), mais de 170 quilos de drogas, entre elas, 100 quilos
de maconha, 50 quilos de cocaína e 26,825 quilos de crack, em uma
empresa que atua na área de laticínios, em Tocantins.

O material foi apreendido em ações da PCMG e PMMG, realizadas na área
que compreende a 2ª Delegacia Regional de Ubá, pertencente ao 4º
Departamento de Polícia Civil em Juiz de Fora.

Acompanharam e fiscalizaram a incineração representantes do Poder
Judiciário, da Vigilância sanitária e da Polícia Civil.

MOTOCICLETA COM SINAIS DE ADULTERAÇÃO FOI APREENDIDA EM TABULEIRO.

Durante o patrulhamento pela rodovia MG 133, altura do KM 21, no município de Tabuleiro, foi abordado um cidadão na condução de uma motocicleta, sendo de propriedade da sua esposa, de acordo com CRLV apresentado, ato contínuo foi realizada inspeção nos elementos de identificação, os quais restaram comprovado estarem remarcados, crime de difícil constatação devido a remarcação ser padronizada, mas não conforme os padrões da montadora.

O autor foi  preso e apresentado na delegacia de Rio Pomba, motocicleta apreendida e encaminhada ao auto socorro credenciado.

POLÍCIA CIVIL REALIZA AÇÃO PARA COMBATER O TRÁFICO DE DROGAS.

Durante as diligências, foram apreendidos drogas, dinheiro e quatro pássaros silvestres_
Na última sexta-feira (19), a Polícia Civil de Minas Gerais realizou uma ação no município de Além Paraíba com o objetivo de combater o tráfico de drogas. Durante diligências realizadas no Bairro Matadouro, foram apreendidos 38 pinos de cocaína, uma bucha de maconha, R$1.148,50 e quatro pássaros silvestres. Dois suspeitos foram abordados e encaminhados à Delegacia para prestar esclarecimentos.

De acordo com informações do Delegado Marcos Vignolo, os homens foram encontrados em um local investigado como ponto de mercancia de drogas. “ Nada de ilícito foi localizado com os indivíduos, mas, após fazer vistoria na área, foi apreendida uma sacola abandonada, próxima aos homens, que continha o material entorpecente e R$24.

Eles foram encaminhados à unidade policial para prestar esclarecimentos”, explicou, complementando que, ainda durante a ação, um terceiro suspeito teria fugido, após avistar a equipe de policiais civis. Em seguida, após apurações, foi possível identificar esse investigado, que seria o proprietário do material abandonado.

Na residência dele, onde o suspeito não foi encontrado, foi apreendido o restante do dinheiro, no interior de um pote de vidro, no quarto. Na varanda, também foram encontrados os pássaros. Ainda segundo a autoridade policial, as investigações continuam, com o objetivo de apurar o crime de tráfico de drogas na região.

 

CARRO CAI DA PONTE NA BR 262 NO RIO MATIPÓ.

Um Ford Fiesta foi retirado das águas do rio Matipó na manhã desta segunda-feira, 22/06.

Segundo as informações, a motorista do veículo com placas de Matipó acabou perdendo o controle da direção devido à neblina densa na manhã de ontem.

O Fiesta bateu no guarda-corpo da ponte da BR-262 e caiu no leito do rio Matipó.

Apesar do susto, a motorista conseguiu sair do carro e sofreu apenas ferimentos leves.

POLÍCIA MILITAR APREENDE DROGAS NO MORRO DO CRUZEIRO EM MIRADOURO/MG, E PRENDE JOVEM GRÁVIDA DE 08 MESES

Durante *Operação AntiDrogas* realizada na tarde de hoje na cidade de Miradouro/MG, local conhecido popularmente como Morro do Cruzeiro, Policiais Militares prenderam uma jovem de 19 anos, *grávida de 8 meses*, e apreenderam uma quantidade considerável de *Cocaína*.
Também foram localizados vários cigarros de *Maconha* no local.

*Equipe: 2° Ten PM Montenegro, 2° Sgt PM Magalhães, 3° Sgt PM Adilson, 3° Sgt PM Guedes, Cb PM Coelho, Sd PM Robson

RAPAZ É BALEADO NA ENTRADA DE VERMELHO EM MURIAÉ.

Um rapaz de 18 anos,  foi baleado na entrada de Vermelho, distrito de Vermelho, por volta das 17:40.

Segundo informações colhidas no local pela reportagem do Paulo Roberto da Rádio, algumas pessoas estavam caminhando pelo trajeto que liga Vermelho ao Nova Vermelho, momento que um indivíduo apareceu de motocicleta e efetuou vários disparos de arma de fogo contra as pessoas que estavam no local, em especial para uma das vítimas, que estava acompanhada de sua namorada.

O rapaz atingido foi  socorrido por populares, mas infelizmente veio a óbito no caminho do Hospital.  A namorada da vítima também foi baleada e teria levado um tiro de raspão em um dos braços.

A Polícia Militar esta no local e realiza a apuração do fato. Inicialmente, colegas da vítima que estavam no local fizeram seus relatos à PM. O tio do rapaz esteve no local desesperado com a morte prematura do sobrinho.

A Polícia Civil, através da perícia técnica compareceu na cena do crime, realizando os trabalhos periciais. BREVE MAIS DETALHES AQUI.