SOBRINHO É MORTO A FACADAS E TIO TAMBÉM É GOLPEADO AO TENTAR SOCORRER SOBRINHO.

beco esperançaFoto: Rádio Muriaé

Por volta das 20:45, da noite desta terça feira, 12/02/19, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar, comparecer num local conhecido como zona quente, entre os bairros Santa Terezinha e Encoberta no Beco Boa Esperança e chegar no local, depararam com um homem morto à facadas e outro esfaqueado com vida,mas bastante ferido na Antônio Pereira Galvão.

Foi encontrado primeiramente na Rua Antônio Pereira Galvão, a vítima Geraldo, 53 anos de idade,com perfurações de faca , sendo no membro superior esquerdo, abdominal frontal, abdominal nos 2 lados.

Já Paulo Silvério de Souza, 37 anos, foi encontrado já morto, com 5 facadas, caído dentro de uma residência no Beco Esperança. Ele possuía cinco perfurações no corpo, sendo 2 no peitoral superior lado direito, esquerdo e 3 na região lombar. Está é quarta vítima de homicídio do ano em Muriaé.

A Polícia rapidamente começou a apurar detalhes sobre o crime, sendo comprovado que as vítimas são sobrinho e tio e que segundo informações iniciais, os motivos para os crimes poderiam ser acerto de contas após uma discussão dentro de um bar.

A PM conseguiu a informações que apontam para 3 suspeitos, que seriam um pai e 2 filhos, que teriam chegado naquela região procurando e perguntando a populares do beco, onde moraria Paulo Silvério.

Geraldo, tio da vítima fatal, ouviu barulho de dentro da casa, e ao entrar para saber o que estava acontecendo também foi golpeado, ele correu para a Rua Antônio Pereira Sobrinho, no Encoberta, onde aguardou por socorro.

A arma do crime, uma faca foi encontrada caída no chão pelos bombeiros. Uma chave de motocicleta também foi achada no chão no Beco, podendo ser de alguma motocicleta que poderia ter sido utilizada pelos autores para chegarem até o local.

A PM compareceu na casa dos suspeitos, onde encontraram a residência aberta e vazia, mas os suspeitos não estavam no local, há informação de que um veículo teria dado fuga aos suspeitos.
O caso será investigado pela Polícia Civil de Muriaé, que já tem dados muito importantes colhidos pela Polícia Militar e pela perícia Civil da 4 D.R.P.C. para iniciar as investigações.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *